“Memórias de Timor em Lamego” agora em livro


Peças de artesanato tradicional timorense e de outras regiões do Oriente, como China ou Indonésia, têm em comum o facto de todas serem oriundas de portugueses que regressaram de Timor até Lamego. O resultado desta união foi “Memórias de Timor em Lamego“, primeiro sob a forma de exposição e agora sob a forma de catálogo, prosseguindo o Museu de Lamego a sua política editorial de privilegiar a disponibilização gratuita e universal de grande parte das suas publicações.

Testemunhos da cultura asiática de finais do século XIX, “Memórias de Timor em Lamego” desenvolve-se em torno de uma réplica miniatural em filigrana de prata da casa tradicional de Lospalos, doada ao museu pela família do General Lemos Pires, último Governador português de Timor Leste.

A esta peça, exposta anualmente por ocasião da independência de Timor (20 de maio) e do desaparecimento do General (22 de maio), juntaram-se em 2015 a doação ao museu do Comandante Humberto Leitão e diversas peças gentilmente cedidas pela família duriense Mascarenhas Gaivão, legado de um dos seus antepassados, Cipriano Forjaz de Sampaio, Governador da colónia entre 1891 e 1893.

Nesta publicação, destaque para a inclusão do fac-símile de um inesperado caderno de capa preta, com textos regulares, manuscritos, precioso registo da correspondência oficial de um Governador acabado de chegar a Timor, agora ao dispor dos investigadores, retrato elucidativo do estado em que Cipriano Forjaz de Sampaio veio a encontrar a colónia.

Ao longo de mais de cem página, são ainda abordados, entre outros temas, a arquitetura tradicional timorense, as marionetas de Java e a comunidade chinesa em Timor.

 

Faça download | Memorias de Timor em Lamego_catalogo

Também disponível em http://bit.ly/MemoriasTimor e em http://bit.ly/1FjfgKV