“Doce Revolução” restaura obras de arte do museu

O Museu de Lamego lançou o desafio no dia do seu centésimo aniversário e a Escola de Hotelaria e Turismo do Douro–Lamego aceitou. O próximo dia 25 de abril é dia de Doce Revolução. Os alunos do curso de Gestão e Produção de Pastelaria organizam uma mostra de doçaria regional e o valor angariado reverterá a favor da Campanha de fundraising “Conhecer Conservar Valorizar”. Entre as 10h00 e as 17h30 passe pelos claustros da Sé de Lamego e seja mecenas.

O evento, que ao mesmo tempo pretende dar a conhecer e reforçar a imagem da Escola de Hotelaria e Turismo do Douro enquanto instituição formadora de relevo e referência para a região e país, aposta ainda na promoção e valorizar dos produtos endógenos da região.

A mostra de doçaria “Doce Revolução” será constituída por 4 doces estações, sendo elas “representadas e vestidas” por: chocolate, pastelaria fina, doçaria conventual e padaria.

Participe! Seja mecenas, apadrinhe o restauro de uma obra de arte para os próximos 100 anos.